FEIRA DO LIVRO DO GRANBERY
Realizado em maio de 2008

Dois anos depois, o evento ficou a cargo da dinamizadora cultural, Laura Delgado, que contou, na organização da 7ª, 8ª , 9ª e 10ª edição da feira, com a ajuda de funcionários da biblioteca. Porém, com o aumento da freqüência e do número de usuários e com implantação dos cursos superiores, os serviços da biblioteca se estenderam, impossibilitando o envolvimento de sua equipe no planejamento desta atividade.

Assim sendo, a partir da 11ª edição, a feira passou a ser responsabilidade do núcleo das oficinas para formação de contadores de histórias, coordenado pelas professoras Laura Delgado e Leila Martins e, pela estagiária do setor, a aluna do curso de comunicação Social, Mariana Barros.

Cumprir o objetivo principal da feira , ou seja, formar leitores, é um desafio assumido por toda escola, não apenas durante os eventos de maior porte, como é o caso da feira do livro, do festival "Pirlimpimpim" de contação de histórias, da semana da biblioteca, dos saraus litarários, etc, como também através das várias atividades desenvolvidas diariamente, em todos os setores do Granbery.

Todavia, é somente no período da feira que a dimensão da necessidade e da importância de ler tem o testemunho e o aval de alguns autores (a partir de 1995): Roseana Murray, Elias José, Regina Siguemoto, Hugo Ribeiro Almeida, Sylvia Orthof, Vera Dias, Celso Sisto, Neusa Sorrenti, Lino de Albergaria, Marco Túlio Costa, Dorinha Soares, Álvaro Ottoni, Maria Alice Aguiar, Sula Kyriacos, Leo Cunha, Maraliz de Castro, Denise Rochael, Mary França, Eliardo França, Affonso Romano de S'Antanna, Marina Colasanti, Luís Antônio Aguiar, Elizabetth Loibl, Márcio Trigo, Cáudio Martins, Rita Espeschit, Naumin Aizen, Lucas França, Leda Maria, Ronald Claver, Dorotéia Vale, Jonas Ribeiro, Reguna Rennó, Marisa Timponi, Knnor, Ângela Lago, Edimilson de Almeida Pereira, Prisca Augustoni, katalin Vallo, Eva Furnari, Ricardo Azevedo, Gáucia Lewick, Bartolomeu Campos Queirós, Ingrid Bellinghausen, Fabrício Conde, Nye Ribeiro e Julio Emílio Braz.

NOITE DE CONTOS
Realizado em agosto de 2008
Esta atividade existe há 11 anos, ao final do ano letivo, e tem como objetivo a apresentação dos grupos de contadores de histórias para seus familiares.

É reservada uma noite para cada grupo que, além da apresentação, ainda tem a oportunidade de ouvir histórias contadas pelos convidados.

FESTIVAL PIRLIMPIMPIM
Realizado em outubro de 2008
Este evento já acontece há 11 anos consecutivos no mês de outubro e tem como objetivos a divulgação do trabalho dos grupos de contadores de histórias, o intercâmbio entre eles, a formação de um público ouvinte/leitor de histórias e a divulgação do acervo da biblioteca. Durante quatro semanas, todas as turmas, da Educação Infantil à 5º ano do Ensino Fundamental do Instituto Metodista Granbery, assistem a várias sessões de contação de histórias, que acontecem nos pátios, nas bibliotecas, nas salas de oficinas, no auditório Vittorio Bergo, enfim, nos mais variados lugares da escola.
Nesta ocasião, algumas escolas da Rede Pública de Educação também visitam o Granbery e são recebidos por alunos das oficinas, que lhes oferecem uma apresentação do seu repertório.

Os alunos do Ensino Fundamental, do Infantil ao 5º ano trocam um brinquedo em bom estado de conservação por várias sessões de contação de histórias. Uma delas, com maior duração que as outras, é apresentada pelos contadores de histórias de 6º e 7º ano somando mais sete apresentações. Os brinquedos são selecionados, e embalados pelos "contadores" de todas as séries. A escola, então, elege instituições que são visitadas e presenteadas com brinquedos e uma sessão de histórias.

Todo ano, mais de mil crianças participam do festival.

APRESENTAÇÃO ABERTA AO PÚBLICO
Realizado em outubro de 2008

O trabalho com contação de histórias no Granbery completará, no próximo ano, treze primaveras. Durante esse tempo, as nove equipes nascidas nas OFICINAS PARA FORMAÇÃO DE CONTADORES DE HISTÓRIAS vêm se apresentado nos mais variados eventos.

Na mesma proporção em que se multiplicam, dentro do Granbery, as atividades acerca dessas oficinas, aumenta também o número de solicitações de escolas, empresas e outras instituições, para apresentações.

Incentivado pelo reitor, professor Roberto Pontes da Fonseca, há quatro anos, um dos grupos, composto por 22 alunos da 8º ano do Ensino Fundamental à faculdade, resolveu, portanto, estender seu trabalho à comunidade extra-escolar.

Assim, em 2002, foram abertas ao público nove sessões de "As sem-razões do amor", repertório composto por textos sobre o amor, cujo nome foi uma homenagem ao centenário de nascimento do poeta Carlos Drummond de Andrade.

Em 2003 o grupo retomou a iniciativa com a Segunda montagem, "O humano do homem", uma coletânea de histórias, poemas e músicas que traduzem as várias faces/fases do ser humano. E em 2004, foi apresentada "Palavra Minas", coletânea de textos de autores mineiros, cuja abordagem é a própria mineiridade.

Em 2005 e 2006 foram apresentadas "Sobre o Tempo" e "Viageiro Viajante", respectivamente. Em 2007 foi apresentada " Indez" baseada no livro homônimo de Bartolomeu Campos de Queiroz. Todas as apresentações também foram montadas a partir de histórias, músicas e poemas ligados ao tema.

Mais de 11.000 pessoas assistiram às sessões realizadas nestas três temporadas.

Fazem parte deste grupo pessoas com idade entre 14 e 40 anos, estudantes do Granbery, em sua maioria, desde a Educação Infantil, professores da instituição e pais de alunos.

CURSO DE EXTENSÃO
Curso de Extensão para Formação de Contadores de Histórias.
O primeiro curso de extensão para formação de contadores de histórias foi realizado para atender à comunidade granberyense. Devido à grande dimensão que hoje ocupa o trabalho com as oficinas para formação de contadores de histórias, a comunidade interna professores, funcionários e alunos dos cursos superiores) e a comunidade externa

(vizinhança do Granbey, familiares de alunos, profissionais ligados à área de educação, platéia das sessões de contação de histórias, pessoas que já participaram de oficinas com o grupo Makurandanba, etc), vêm demonstrando um desejo de participar desta atividade. O curso de extensão cumpre o seguinte programa:


Programa do Curso de Extensão para formação de contadores de histórias - I Módulo


1. A arte de contar histórias e seu aparelhamento técnico

  • A ampliação da expressividade corporal.
  • Técnicas de imagens corporais, diferenciação de gestos ilustrativos, enfáticos e sintéticos.
  • Técnicas vocais: relaxamento, aquecimento, respiração.
  • Técnica "memória de emoção".
  • Exercícios de expressão corporal, de memorização, de improvisação, de ritmo, de estilo, de concentração e decriação, recriação e contação de histórias.


  • 2. Panorama histórico-evolutivo da literatura infantil e juvenil
  • O conto no contexto histórico.
  • O conto de fadas e o conto maravilhoso ( fontes, tipos de análise, início da transformação do maravilhoso em "literatura infantil").
  • Funções do conto (social e política, educativa, terapêutica, iniciática).
  • Tipos de contos (literário e popular).


  • 3. Textos / reflexões
  • Para contar histórias é necessário dom?
  • Passos para a contação de histórias.
  • A formação do leitor.


  • Objetivo Geral
  • Conhecer as técnicas essenciais da arte de contar histórias por intermédio de exercícios vocais, corporais e interpretativos.
  • Construir imagens a partir de textos, por intermédio da criação de personagens, marcas temporais e espaciais, exercícios e jogos.
  • Conhecer o panorama histórico-evolutivo da literatura infantil.
  • Conhecer os elementos estruturais dos contos de fadas e contos populares clássicos.
  • Transformar relatos verbais em modelos narrativos

  • Módulo CURSO DE EXTENSÃO

    Público alvo : Pessoas interessadas na arte de contar histórias (educadores em geral, agentes de leitura, profissionais liberais, etc).

  • Data:
  • Horário das Aulas:
  • Informações: Secretaria da Faculdade Metodista Granbery
  • tel.: 2101-1868 / 2101-1869
  • Certificado pela Faculdade Metodista Granbery

    Supervisão do Núcleo de Extensão: professor Alexandre Lovisi
    Professoras: Laura Delgado e Leila Martins

    Área Restrita Atividades Repertório Horários Espaço Físico Calendário Créditos Contato

    Contadores de Histórias - Rua Batista de Oliveira, 1145 - Centro
    CEP.: 36010-530 / Tel.: (32) 2101-1800 / Fax.: (32) 2101-1803 / Juiz de Fora - MG - Brasil